Afago, Intervenções Assistidas com Animais

6 dicas pra cuidar da saúde dos pets

Published by Luciana Dutra on

6 dicas pra cuidar da saúde dos pets | Afago Pet Terapia, uma família de tera(u)peutas | Intervenção Assistida por Animais | afagopetterapia.com.br

Eles são amigos, companheiros, terapeutas, a alegria da casa! E você, retribui todo esse carinho? Existem cuidados indispensáveis para manter pets sempre saudáveis e com qualidade de vida. Nesse post, vamos contar 6 dicas de cuidados pra se ter com pets para que sigam sendo fontes de carinho, amor e energia por muito tempo!

1. Primeiros cuidados: vacinas!

O primeiro cuidado vem logo no início, ao  levar o seu amigo para casa. É muito importante que o bichano passe por uma avaliação veterinária, a fim de  iniciar o protocolo de vacinas e controle de parasitas.
Uma das vacinas mais importantes para os cães é a polivalente, que vai proteger seu pet de doenças como

Para os felinos, as vacinas polivalentes protegem contra:

Importante lembrar que a vacina anti-rábica é obrigatória a partir do quinto mês de vida de cães e gatos. Além destas também estão disponíveis as vacinas contra

2. Castração: muito importante!

A castração também é muito importante!! Além de evitar crias indesejáveis, a castração também ajuda a prevenir o desenvolvimento de doenças nos pets.
Quando realizada em fêmeas antes do primeiro cio, reduz para 0,5% a chance de desenvolvimento de tumores de mama. Além disso, evita as doenças

  • piometra (infeccão uterina);
  • pseudociese (gravidez psicologica);
  • e outras doenças do sistema reprodutor.

A castração do macho no tempo correto também evita desenvolvimento de doenças, que podem incluir

  • tumores testiculares e na próstata;
  • marcação de território com xixi;
  • fugas;
  • brigas.

3. Alimentação: pet fit é pet feliz!

A alimentação deve ser adequada para cada fase de vida do animal. O ideal é o uso de rações de boa qualidade. É também aconselhável evitar a oferta de restos de comida.
Aos gatos, além da ração seca, deve ser oferecida a ração úmida. Essas rações possuem todos os nutrientes necessários ao pet, além de uma quantidade maior de água. Essas características ajudam a prevenir a obesidade e problemas urinários.

4. Boca: pet também merece sorriso colgate!

A higiene do pet é fundamental. Assim como você se cuida, seu pet também merece ser cuidado.
A boca merece uma atenção especial na hora da higiene do pet. A escovação é aconselhada para evitar as doenças periodontais, mais conhecidas pelo acúmulo de tártaro e gengivite.
Essas doenças podem comprometer significativamente todos os outros sistemas do corpo. Isso acontece pois os microrganismos patogênicos, quando presentes na cavidade oral de maneira excessiva, podem invadir a corrente sanguínea e se disseminar em diversos órgãos, como rins, coração e fígado.  Além disso, os pets podem não aceitar a dieta pela dor que a inflamação produz.

5. Banho: pet limpinho e cheiroso!

Os banhos em cães podem ser dados uma vez por semana. Seja em casa ou em pet shops, é importante usar sempre produtos indicados para cães. Isso porque o ph da pele canina é diferente do humano. Então, jamais use produtos que não foram feitos para cachorros, ok?
Já para os gatos, o indicado é apenas escovação para remover os pelos mortos. Para os gatíneos, banhos são indicados somente nos casos que apresentem alguma alteração na pele.

6. Pulgas e carrapatos não serão tolerados!

O controle de pulgas e carrapatos pode ser feito com pipetas, comprimidos ou coleiras. Também, o ambiente de convívio do pet deve ser tratado. Os talcos ou banho antipulgas não oferecem uma boa proteção contra estes parasitas.
Existem também pipetas e coleiras que repelem os mosquitos transmissores da leishmaniose. Portanto, se o seu pet vive em áreas com risco de contágio, o uso desses produtos é indicado como meio de controle da doença. Também nesses casos, é obrigatório que os pets recebam a vacina contra a leishmaniose.

Concluindo…

Mostramos aqui 6 dicas de cuidados necessários para manter seu pet feliz e saudável. Desde alimentação, higiene e cuidados com saúde, listamos os cuidados básicos pra um pet feliz.
E nunca esqueça: não medique seu animal sem orientação veterinária! Existem muitos fármacos contra indicados para cães e gatos, que podem até matá-los! No caso de qualquer alteração no comportamento do bichano, procure sempre seu veterinário de confiança


Luciana Dutra

Veterinária especialista em Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais

0 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.